SP ganha 1º aplicativo para facilitar uso de ônibus por deficiente visual

Imagem de dois celulares com o aplicativo.CittaMobi Acessibilidade é gratuito; por exemplo, permite localização, por voz, de todas as linhas da cidade e avisa sobre pontos de embarque e desembarque
 
A cidade de São Paulo ganha nesta terça-feira, 1 de setembro, o primeiro aplicativo de telefone celular específico para facilitar o uso de ônibus por portadores de deficiência visual. O CittaMobi Acessibilidade, desenvolvido pela empresa Cittati, é gratuito e permite autonomia aos usuários, pois indica, por sistema de voz e vibração, quanto tempo até a chegada ao ônibus na parada, além de todas as informações necessárias para embarque e desembarque.
 
O aplicativo será lançado durante seminário da Associação Nacional de Empresas de Transporte Urbano, o Transpúblico. Já implantado em 15 cidades de todo o Brasil (Recife, São Caetano do Sul, Maceió e Salvador, por exemplo), chega agora a São Paulo testado e aprovado. Funciona assim: os ônibus enviam um sinal para o aplicativo por meio de GPS. Ao clicar, o deficiente visual consegue verificar em tempo real, com um dispositivo de voz, a previsão da chegada de determinado ônibus na parada. Além disso, indica qual ônibus pegar para chegar ao destino pretendido.
 
Mais: o aplicativo ainda indica a distância da pessoa até chegar ao ponto de ônibus e, já dentro do coletivo, fornece informações sobre o trajeto e até o momento de desembarcar (o aplicativo monitora o caminho e vibra o telefone para avisar). 
 
O recurso está disponível para os sistemas iOS e Android. “É essencial para dar autonomia ao deficiente visual, que passa a saber, por exemplo, se o ônibus vai chegar em dois ou 20 minutos, qual linha tomar para determinado bairro, quando subir ou descer do ônibus”, afirma Cesar Ranzini Olmos, diretor de Tecnologia e Produtos da Cittati.
 
O aplicativo foi desenvolvido por Luiz Eduardo Porto, que perdeu a visão aos 23 anos e há seis anos conta com a ajuda de um cão-guia, com base em suas necessidades. “De casa já é possível acionar o aplicativo, programando a parada final de sua viagem. Nem é preciso carrega-lo na mão. Ele vibra ao identificar o ônibus, em um bolso de casaco, por exemplo”, conta. “Para quem não enxerga é um auxílio essencial. Com a implantação em outras cidades, verificamos que é preciso sempre avançar, com base nas experiências dos usuários”, finaliza.
 
Além dos recursos para deficientes visuais, o CittaMobi Acessibilidade indica se o ônibus é adaptado para portadores de deficiência física, já que foi baseado em outro aplicativo, CittaMobi.
 
CittaMobi
 
Além do CittaMobi Acessibilidade, a Cittati lançou há 10 dias o CittaMobi, aplicativo que indica a previsão de chegada e partida dos ônibus em toda a cidade, sem adaptação para portadores de deficiência visual, mas já com indicação de ônibus adaptados para portadores de deficiência física. É só digitar o endereço em que se está ou escolher a linha de ônibus. Pronto, logo aparece a previsão da chegada dos veículos no ponto e as linhas de cada parada.
 
“A margem de erro é de dois minutos de atraso ou adiantamento. O sistema é também via GPS. É igual ao CittaMobi Acessibilidade, mas sem a adaptação para quem tem problema de visão”, relata Cesar Ranzini Olmos.
 
Cittati
 
A Cittati é uma empresa integradora de soluções voltada para o desenvolvimento de tecnologia de informação e comunicação com foco na gestão de sistemas de transporte. Criou o CittaMobi e o CittaMobi Acessibilidade pensando em levar mais comodidade ao usuário do transporte público.
 
Alguns números que demonstram o crescimento do CittaMobi no Brasil até agora:
• 800 mil downloads (Android e iOS)
• 10,2 milhões de acessos por mês
• 32 milhões de screen views por mês
Fonte: site SEGS Autoria.: Atelier de Imagem e Comunicação.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website