Oficina “De Olho no Braille”

Descrição da imagem: alunos com os vendados participando do curso em Braille.O projeto traz a ludicidade como forma de acesso à leitura, que pode ser realizada com crianças alfabetizadas e seus responsáveis, por meio de brincadeiras que envolvem vendar os olhos e manipular objetos. Os participantes aprendem a ler em Braille em aproximadamente 30 minutos. As inscrições vão até 07 de abril e podem ser feitas na recepção da Caixa Cultural, mediante a troca de 20 latinhas ou 10 garrafas pet para reciclagem.

O curso será dividido em dois momentos, de 08 a 10 de abril, será realizada a oficina de Braille, com duas turmas por dia, uma às 09h e a outra àss 14h, com carga horária de 40 minutos cada. Nos dias 11 e 12 de abril, acontece o Workshop Livro Acessível, em uma única turma, das 9h as 17h, com carga horária de 16h. A oficina tem orientação de Patricia Braille, Coordenadora de Educação Especial da Secretaria de Educação do Estado da Bahia; especialista em Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva, pela UNEB.

A oficina tem o objetivo de democratizar a aprendizagem do Sistema Braille entre as pessoas que enxergam, favorecendo o contato entre cegos e videntes por meio da escrita. “A oficina será um importante momento de contato com o Braille numa abordagem lúdica, colocando o público em contato com a temática da deficiência visual, mas longe do peso que a sociedade costuma dar ao tema. Isso aproxima as pessoas, dilui preconceitos e atrai a atenção para as pessoas com deficiência visual, historicamente invisibilizados.” afirma Patrícia.

Fonte: site Aldeia Nago.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website