Experimentando as diferenças

Descrição da imagem: em uma quadra de vôlei vários jogadores assentados no chão praticando o esporte.Sempre achei que somente nos colocando no lugar do outro é que podemos entender e respeitar nossos semelhantes. O projeto “Experimentando Diferenças” tem exatamente este propósito. Em locais previamente agendados, as pessoas podem participar de esportes adaptados para deficientes e sentir na pele como é ser um atleta especial. O objetivo do projeto, de âmbito nacional, é despertar o interesse das comunidades para o tema e formar um público espectador para a Paralimpíada de 2016, que acontecerá no Brasil a partir do dia 7 de setembro de 2014, 17 dias depois de a chama olímpica ser apagada.

Em Florianópolis, o local escolhido para abrigar o projeto foi o Shopping Iguatemi, até o dia 14 deste mês. O esporte adaptado é o “vôlei sentado”, disputado numa arena de 180m2. Paralelamente, os visitantes podem conferir a exposição fotográfica “Caravana Vencedores”,  de Sérgio Dutti, que retrata a preparação e o desempenho dos atletas brasileiros nas Paralimpíadas de Londres, em 2012.  São 60 imagens do universo de competições, mostrando a preparação, os treinamentos, as competições regionais e nacionais, e que culminaram com a participação dos paratletas nos jogos mundiais.

Retratados nas belas imagens de Dutti estão, por exemplo, o velocista Lucas Prado, que é deficiente visual e mora em Joinville. Nas Paralimpíadas de Pequim, em 2008,  Lucas estabeleceu dois novos recordes mundiais, nos 100 e 200 metros rasos.  Já em Londres, em 2012, obteve duas medalhas de prata. Conhecer estas histórias é um ótimo programa para adultos e crianças _ que terão uma bela aula, ao vivo, do que significam as palavras superação e dedicação.

Fonte: blog Vivi Bevilacqua

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website