Designer de joias, que nasceu sem nenhum dos dedos, cria obras primas e vende por milhares de dólares

Para uma pessoa que nasceu sem os dedos, Annette Gabbedey, de 48 anos, tem um trabalho bastante incomum. Ela é uma das designers de joias mais talentosas da Grã-Bretanha e uma especialista em ourivesaria. É surpreendente o fato dela nem sequer usar ferramentas especiais para ajudar o seu trabalho por conta de sua condição. Em vez disso, ela se adapta aos dispositivos convencionais de artesanato para fazer os enfeites mais deslumbrantes e intrincados.

Como ela nunca teve os dedos, Annette diz que ela não se sente como algo estivesse faltando. Na verdade, ela prefere desta forma, insistindo que ela não está inapta. “Eu olho para as pessoas com dedos e fico pensando em como conseguem gerenciar algo com os dedos, porque eles devem ficar no caminho“, disse ela. “É apenas a sua própria percepção de como você olha para si mesmo e, para mim, eu nasci assim e eu nunca conheci nada diferente disso”.

Annette amarra uma cinta de couro em volta do pulso para manter suas ferramentas e usa uma amarra para fixar as peças no lugar para que ela consiga trabalhar. Embora ela não tenha dedos, suas articulações do punho estão em perfeitas condições, dando-lhe a destreza para segurar pequenos objetos.


Fazer joia é muito tátil e algo que você faz com as mãos. E são apenas os dedos que me faltam”, disse ela. “Eu tenho toda a sensibilidade pelo caminho das minhas mãos, posso sentir tudo o que eu estou tocando e tenho um monte de movimentos com elas“.

As pessoas são muitas vezes surpreendidas com a situação de Annette. “Eu não tenho dedos e é o que a maioria das pessoas espera de um ourives ter. Eu acho que as pessoas perguntam muito mais sobre como eu consigo criar joias do que sobre meu dia a dia“, disse ela. “Eu sou muito normal e não deficiente como um todo, mas eu aprecio o fato de as pessoas são fascinadas por eu ser capaz de criar algo”.


Ela se sente aberta especialmente para a curiosidade das crianças, mas acha chato quando os pais parecem envergonhados. “Eles precisam aprender que isso é normal e este mundo é feito dos mais diferentes tipos de pessoas“.


Annette aprendeu a trabalhar com metais preciosos na prestigiada loja de joias de varejo de Londres, Hatton Garden. Ela rapidamente montou sua própria loja e trabalhou, nos últimos 24 anos, em Frome, uma pequena cidade no nordeste da Somerset, Inglaterra.

Uma de suas peças mais caras custa o equivalente a R$ 87.000. O colar é feito de 18 quilates de ouro amarelo e branco, cravejado de diamantes e opalas. Ela fez isso para si mesma depois de completar 21 anos no negócio.


Annette é casada, sua família a apoia muito, incentivando-a a “chegar lá”. “Isso é o que as pessoas fazem quando eles têm um desafio. Muitas pessoas têm desafios de diferentes tipos e meu, suponho, são minhas mãos”, afirma a designer. 

Fonte: site Jornal Ciência por Priscila Nayade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website