Curso de Libras fomenta inclusão social em sala de aula

Descrição da imagem: professora de Libras ensinando ao aluno.A coordenadoria de Educação Inclusiva da Secretaria de Estado da Educação e Cultura (Seduc) deu início esta semana ao curso de Língua Brasileira de Sinais (Libras). Ao todo, 62 pessoas estão inscritas nos níveis iniciante, intermediário e avançado. A capacitação é aberta a professores da rede pública de ensino e comunidade em geral.

 A técnica do ensino especial do município de Miracema, Camila Brito Costa, vem todos os dias a Palmas para assistir às aulas. O que a motiva a fazer o curso é a necessidade de atender bem aos alunos. “A gente fica com o coração apertado quando tem algum aluno com surdez e não é possível fazer nem a comunicação básica. Venho de segunda à quinta, não é fácil, mas sei como o curso é importante e como vou poder ajudar, também, os professores, porque nós temos muitos alunos desse perfil na rede pública de Miracema”, explicou.
Há cinco anos trabalhando na Educação Especial da rede estadual de ensino, Maísa Basílio da Silva também se inscreveu no curso. Para ela, as aulas vão ajudar na convivência com os alunos. “Lá na escola Frederico Pedreira Neto, nosso objetivo é ajudar com a convivência, comportamento, higienização, reforço escolar. Então, a comunicação é essencial. Eu já estou familiarizada com a Língua, consigo até intermediar conversas entre professores e alunos, mas sei que ainda tenho muito a aprender”, afirmou. Conforme os níveis, o aluno aprende desde a teoria da Língua à tradução e interpretação de textos. Com a ajuda da professora e intérprete Claudia Arantes, o professor João Mendes, que é surdo, e há 19 anos ensina a Língua de Sinais, ressalta que o grande desafio é compreender o processo de aprendizado dos alunos, e isso é possível com o incentivo dele.
A duração do curso de Libras é de três meses; e a cada semestre, novas inscrições são abertas. O curso é gratuito e aberto à comunidade em geral. Mais informações pelos telefones 3218-6118 e 3218-6103.
Fonte: site Surgiu.com 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website