Balcão de empregos, realiza cadastro de deficientes

Descrição da imagem: Placa pendurada em uma parede escrito: Há vagas.O Sine/Balcão de Empregos de Nova Friburgo, Região Serrana do Rio, iniciou nesta semana a realização de cadastro para pessoas portadoras de deficiência física no município. A ideia é integrar essas pessoas no mercado de trabalho formal.

Para fazer parte do banco de dados é necessário apenas ter mais de 18 anos e ensino fundamental. Os documentos exigidos são RG, CPF, Carteira de Trabalho, cartão do PIS e comprovante de residência, além do currículo.

Segundo a Organização Nacional das Nações Unidas (ONU), 10% da população mundial tem alguma deficiência. A Lei 8.213/91 chamada de “Lei de Cotas para Deficientes” determina um percentual mínimo em empresas com mais de 100 empregados. Segundo a lei, a deficiência é considerada quando ocorre a perda ou anormalidade da estrutura ou de sua função psicológica ou fisiológica.

A determinação trouxe benefícios para muitas pessoas que passaram a obter oportunidades reais de inserção no mercado. A proporção de vagas se dá na seguinte forma: de 100 a 200 empregados, 2% de deficientes no quadro de funcionários; de 201 a 500, 3%; de 501 a 1000, 4%; e acima de 1001, 5%. As empresas que não cumprem a demanda estão sujeitas a multas.

Com a contratação dos deficientes a vantagem é mútua. As empresas crescem em inclusão social e contribuem para a redução do nível de desemprego. Além disso, há um ganho em credibilidade social. As áreas que mais contratam são as que atendem a área de administração.

Os interessados devem comparecer a sede do Sine/Balcão de Empregos que fica na Avenida Alberto Braune, 223 (antiga rodoviária Leopoldina), de segunda a sexta-feira, das 9h as 17h. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (22) 2519-2431.

Fonte: site G1.com Região Serrana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website