Associações debatem instalação de equipamento sonoro em semáforos

As associações que representam deficientes visuais foram chamadas para discutir, junto com o Ministério Público do Maranhão (MP-MA) e a Prefeitura de São Luís, a instalação de sinais sonoros em alguns dos semáforos da capital. O objetivo do equipamento é colaborar com os deficientes visuais durante a travessia em ruas e avenidas.

A instalação dos semáforos sonoros irá ajudar bastante na rotina de deficientes visuais. Como é o caso do professor Antônio Rocha, que diariamente precisa realizar um percurso na Avenida Jerônimo de Albuquerque, uma das mais movimentadas de São Luís.

Foto de um homem com deficiência visual. Ele está usando sua bengala e caminhando na calçada.

O professor diz que com o aparelho será mais fácil perceber quando um veículo estiver se aproximando. “O problema maior para a gente atravessar a avenida é exatamente a certeza que o carro parou. Se nós tivermos o sinal sonoro aí sim nós vamos ter a certeza que o sinal ali está fechado para o carro e aberto para o pedestre.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2013 o estado do Maranhão possuía 153 mil pessoas com deficiência visual, o equivalente a 2,3 por cento da população. População essa que também possuem o direito de ir e vir. No entanto, esta parcela está prejudicada em virtude da falta de estrutura nas vias.

Segundo com o promotor da Defesa da Pessoa com Deficiência, Ronald Pereira, a Prefeitura de São Luís instalou os equipamentos na área central da capital, mas eles foram destruídos por vândalos. Agora a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) se comprometeu novamente em instalar os sinais sonoros. “Esse processo está se reiniciando agora com a participação dos interessados. No caso, as pessoas com deficiência visual, para que possamos criar uma estratégia de instalação nos locais mais prioritários e também de fiscalização desses equipamentos porque o nosso receio é que nós instalemos equipamentos e logo em seguida haja uma depredação como ocorreu anteriormente”, finalizou.

A reunião entre a Promotoria, a SMTT e representantes de pessoas com deficiência visual, para discutir onde serão instalados os sinais sonoros vai ser realizada na próxima semana.

Fonte: site G1.com MA, com informações da TV Mirante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website