23 de abril – Dia Nacional da Educação de Surdos

Dia 23 de abril comemora-se o Dia Nacional da Educação de Surdos. E há motivos para comemorar? Certamente. Os surdos, que já foram vistos como seres incapazes e deficientes, hoje são reconhecidos e respeitados por sua diferença. Vistos como sujeitos de potencialidades, que aprendem por experiências visuais, que partilham de uma cultura própria e se orgulham da Língua de Sinais.

A Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS foi reconhecida pela Lei nº 10.436 no dia 24 de abril de 2002 como meio legal de comunicação e expressão. A Língua de Sinais tem importante papel no desenvolvimento cognitivo e social da criança Surda, e cabe à família e à escola facilitar que a aquisição de conhecimentos sobre o mundo ocorra dentro dos aspectos culturais da comunidade surda.

Foto da professora Daieli Althaus ensinando um aluno surdo os sinais da Libras.

Foto: arquivo pessoal da professora Daieli Althaus

Comunidade Surda é o espaço de convivência de pessoas Surdas, constituídas de uma história, de uma identidade, de uma cultura própria, de valores e principalmente que compartilham a língua. Participam também da Comunidade Surda, pessoas ouvintes que conhecem a Cultura Surda e a LIBRAS, entre eles professores, familiares e amigos dos Surdos. Convém ressaltar que as Comunidades Surdas não são consideradas apenas espaços de lazer, entretenimento e práticas de esportes. A Comunidade Surda é, principalmente, um espaço de articulação política na busca pelo reconhecimento da surdez enquanto diferença.

Na Escola Inclusiva é importante assegurar aos Surdos o direito à educação, para tanto, a contratação do Professor de LIBRAS e do Intérprete é garantida por Lei. Mas para que a inclusão de fato aconteça é imprescindível priorizar o aprendizado da LIBRAS de forma natural e prática, em contextos reais,significativos e motivadores. Também é importante proporcionar o aprendizado da LIBRAS para os ouvintes, para que a criança surda possa se comunicar com os colegas, professores e demais funcionários da escola na língua que lhe é natural.

Portanto a criança Surda que utiliza a LIBRAS e é acolhida com afeto no ambiente escolar, assim como qualquer criança, conseguirá desfrutar de sua infância de forma protetiva e efetiva.

Quer aprender LIBRAS? Procure a Associação de Surdos da sua cidade e informe-se sobre cursos ofertados.

 Por Daieli Althaus – Professora de LIBRAS.

Agradeço à professora Daieli Althaus pelo seu comprometimento com a comunidade surda e por produzir esse texto tão enriquecedor com exclusividade para o Sempre Incluídos.

Atenciosamente,

Fernando Tôrres – Sempre Incluídos.

One thought on “23 de abril – Dia Nacional da Educação de Surdos

  1. Boa tarde,
    Sou e Adilson surdo quero ajuda fazer como lei surdo Brasil, mas eu quero saber como fazer passe livre viajar surdos Brasília justiça aprovador passe livre avião?

    por favor, me resp.mim

    muito obrigado…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website