Teatro Cego volta a Bragança com novas apresentações gratuitas de “O Grande Viúvo”

Pela segunda vez em Bragança com a peça “O Grande Viúvo”, de Nelson Rodrigues, o projeto Teatro Cego, retorna à cidade com mais uma oportunidade para o público experimentar uma forma diferente de ver teatro: no escuro. As apresentações acontecem na sexta, dia 10 de julho, em dois horários, as 19h30 e às 21h, no Centro Cultural Geraldo Pereira, no Matadouro e fazem parte da programação do Festival de Inverno da cidade.

A proposta do Teatro Cego é que todo o desenvolvimento da trama aconteça em um local completamente escuro, fazendo com que os espectadores, que não enxergarão nada, usem os demais sentidos para entender o espetáculo. Dessa forma cria-se uma apresentação adaptada que, ao invés de inserir o deficiente no mundo do não-deficiente, como é o costume, inverte a situação.

Cartaz de divulgação que tem  um óculos escuro, acima dele está escrito: Teatro Cego - você não precisa ver - Abaixo: O grande viúvo.

A ideia do projeto é justamente essa: imergir o público no universo dos deficientes visuais. Durante o espetáculo, sons, vozes e cheiros chegarão aos espectadores vindos sempre de locais diferentes, dando a sensação de que eles estão realmente dentro do ambiente cênico. Tais sensações serão o caminho para a compreensão da trama, mesmo ela ocorrendo completamente no escuro.

Além da proposta inovadora, o projeto ainda tem o objetivo social de abrir um novo campo de trabalho para atores, produtores e técnicos, priorizando deficientes visuais que atuam ou tenham intenção de atuar na área. O elenco é formado por 6 atores, sendo 3 deles cegos, e mais 3 músicos. Dessa maneira, além de cumprir o papel social, de inserir esses profissionais no mercado de trabalho, o projeto ainda lhes abre uma nova possibilidade formação e expressão artística que, até então, supunha-se inviável para os deficientes visuais.

A peça é baseada no conto “O Grande Viúvo”, do livro “A Vida como ela é”, de Nelson Rodrigues, e conta a história de um viúvo que, após ter perdido a esposa, comunica à família que também quer morrer e ser enterrado junto à falecida. Porém, antes irá construir um mausoléu para que ambos permaneçam lado a lado. A família, tenta a todo custo convencê-lo a desistir do suicídio e encontra uma forma de evitar a tragédia, baseada em calúnias sobre a falecida, mas o resultado é inesperado para todos.

O projeto Teatro Cego é realizado e produzido pela Caleidoscópio Comunicação & Cultura e patrocinado pela Santher através do ProAc – Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo. Tem apoio do Guia de Teatro e do BOS – Hospital Oftamológico de Sorocaba. Em Bragança Paulista, tem o apoio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo.

SERVIÇO
Teatro Cego – O Grande Viúvo
Data: 10 de julho – Grátis
Sessões as 19h30 e às 21h
Não é necessária a retira de ingresso antecipado

Ficha Técnica:
Adaptação da obra homônima de Nelson Rodrigues

Texto e direção: Paulo Palado
Direção musical: Luiz Mel

Fonte: Portal Bragança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website