Startup brasileira quer criar robô cão-guia para ajudar deficientes visuais

Baseada no dado de que pelo menos 246 milhões de pessoas têm a visão comprometida ao redor do mundo, uma startup brasileira decidiu aliar tecnologia com uma boa ação e desenvolver um cão-guia robô. Trata-se de Lysa, uma invenção que ajuda o deficiente visual a caminhar pelas ruas com muito mais facilidade.

Os desenvolvedores classificam a ideia da seguinte maneira:

Lysa, o cão-guia robô, é um projeto de responsabilidade social cujo objetivo é auxiliar o dia a dia das pessoas com deficiência visual, proporcionando-lhes maior autonomia e qualidade de vida.

Acesse o vídeo:

A proposta é equipada com:

  • Software especial
  • Comando de voz
  • Detector de obstáculos
  • Motores para locomoção
  • Placa microcontroladora
  • Estrutura metálica
  • Sensor ultrasônico
  • Sensor infravermelho
  • Bateria recarregável
  • Saída de áudio via fone de ouvido

Lysa ainda em fase de testes e, portanto, ainda não é possível adquirir uma unidade. Porém, os interessados podem contribuir com o financiamento coletivo disponível no site da pequena empresa. No Kickante, os empreendedores de Serra (ES) aceitam ajuda financeira a partir de R$ 10, mas para adquirir um robô é preciso pagar o equivalente a R$ 10 mil. Clique aqui para conhecer.

Até o momento, a plataforma de crowdfunding soma 74 colaborações.

Tecnologia em prol da mobilidade

São vários os exemplos de tecnologias criadas pensando em melhorar a vida de pessoas com deficiências. Várias ideias, inclusive, foram apresentadas durante a CES 2017, realizada na primeira semana deste ano em Las Vegas. Com destaque para uma bengala inteligente. Uma roupa especial também promete dar um “plus” à musculatura dos idosos e facilitar a mobilidade.

Fonte: site Tudo Celular.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website