Sine aperfeiçoa atendimento a pessoas com deficiência auditiva

O Sine Maceió está aperfeiçoando o atendimento ao público, com a renovação da qualificação dos servidores. Os atendentes estão participando do curso de Libras à distância, inserido no Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

A diretora do Trabalho e Emprego da Secretaria Municipal do Trabalho, Roberta Mascarenhas, explica que o objetivo é melhorar os serviços oferecidos para a população da capital. “O Ministério do Trabalho exige um atendimento específico para a comunicação com as pessoas com deficiência auditiva. Hoje estamos com novos atendentes participando dessa qualificação e ampliando as melhorias dos nossos serviços”, afirma Roberta.

Ao todo, serão 30 módulos disponíveis na plataforma online, onde se encontram as videoaulas e todo o material didático. Entre as disciplinas, estão ética, cidadania, marketing, empreendedorismo, informática e matéria específica para Linguagem Brasileira de Sinais – Libras.

Pronatec Voluntário

O Pronatec Voluntário, uma iniciativa dos Ministérios do Turismo (MTur) e da Educação (MEC), em parceria com a Secretaria de Municipal de Turismo (Semtur), busca ampliar as oportunidades educacionais e de formação profissional qualificada aos jovens, trabalhadores e beneficiários de programas de transferência de renda.

Os cursos são gratuitos e podem ser encerrados até 10 de dezembro do corrente ano. Foram 600 vagas abertas somente para o município de Maceió, para cinco seguimentos específicos: Inglês básico, língua brasileira de sinais-libras básico, recepcionista, espanhol básico e assistente administrativo.

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) foi criado pelo Governo Federal, em 2011, por meio da Lei 12.513/2011, com o objetivo de expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica no país.

ATENÇÃO: a fonte das matérias publicadas neste blog, sempre será indicada. Caso tenha alguma dúvida sobre a matéria ou algo nesse sentido, peço a gentileza em entrar em contato com os responsáveis pela a fonte.

Fonte: site Tribuna Hoje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website