Programa para deficientes visuais pode ser implantado na Biblioteca Municipal

Pessoas com  deficiência visual poderão ser beneficiados com programa que pode ser instalado na Biblioteca Pública Municipal Bernardo Guimarães. O vereador Edmilson de Paula (PRTB) informou que enviou um requerimento ao prefeito Paulo Piau solicitando que cadastre a biblioteca junto à Fundação Dorina Nowill e suas filiadas, com o objetivo de ser celebrado um convênio para implantar o programa Áudio Livre na cidade. “As pessoas com deficiência visual devem ter acesso garantido à leitura, ao estudo e entretenimento, porque é uma questão primordial no desenvolvimento pessoal”, destacou.

Descrição da image: foto do corredor de uma biblioteca mostrando vários livros.

Para justificar o seu pedido, o vereador informou que a fundação está há mais de 66 anos se dedicando à inclusão social das pessoas com deficiência visual, por meio da produção e distribuição gratuita de livros falados e digitais acessíveis, seja diretamente para as pessoas com  deficiência visual ou para mais de 1,4 mil escolas, bibliotecas e organizações de todo o Brasil. “A implantação de projetos que garantam a socialização da informação aos deficientes é considerada um meio eficaz para combater a marginalização dessas pessoas”, contou.

Ele acrescentou que a falta de acesso à informação condena a pessoa com deficiência visual a um reduzido leque de oportunidades no mercado de trabalho. Com a implantação desse programa no acervo da biblioteca municipal, que conta com mais de 3,6 mil documentos digitalizados, essas pessoas terão oportunidade de ampliar esse leque de conhecimento. “Acredito que essa proposta vai contribuir no aprendizado de muitos alunos que buscam a bibliotecas municipais como apoio ao conhecimento e informação”, concluiu. (LR).

Fonte: Jornal de Uberaba (Com adequações).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website