Judocas com deficiência visual participam do 1º Exame de Faixas

O esporte adaptado para deficientes surgiu no começo do século XX, com atividades para pessoas com deficiência auditiva. 

Diante da boa evolução dos esportistas e das diferentes modalidades adaptadas, já está mais que comprovado que praticar esportes com regularidade traz inúmeros benefícios para a saúde física e mental, melhorando a qualidade de vida. 

O esporte, na vida das pessoas com deficiência, acaba incentivando ainda mais a interação, é visto com mais uma oportunidade de sociabilização, convivência que faz com que todos entendam melhor suas condições, minimizando assim o preconceito. 

Diante de todos esses benefícios, há pouco mais de um ano a Associação dos Deficientes Visuais de Fernandópolis (ADVF) tem o esporte como uma das prioridades oferecidas aos seus assistidos. Através de um convênio com a Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo, foi implantado na entidade um Centro de Treinamento e Reabilitação de Esporte para deficientes, oferecendo aulas de Judô, dança, atletismo e natação. 

Embora ainda seja um novo trabalho, os atletas da ADVF já são destaques em diversos campeonatos que participam, conquistando importantes classificações e medalhas. 

Em janeiro deste ano, judocas da Associação participaram, no Centro de Treinamento de Judô (CTJ) do 1º Exame de Faixa dos assistidos da ADVF. Dentre todos os praticantes da modalidade destacaram-se: para faixa Amarela – Devanir Alves Pereira Filho; para faixa Azul – Valdeci de Lima Souza e Daniel Rodrigues Dias. 

O técnico de judô da ADVF, sensei Regis Cândido da Silva, parabenizou os atletas e disse estar orgulhoso com o projeto em atuação. “É com muita alegria que damos o primeiro passo ao desenvolvimento desses paratletas, estamos evoluindo a passos largos”, ressaltou. 

O professor de judô, Tiago Landim de Souza, também comentou a boa atuação dos judocas. “Tenho muito orgulho em trabalhar com esses alunos, alguns já estão falando que vão chegar à faixa preta. Isso mostra o nível de comprometimento e o que eles de fato almejam”, declarou Tiago. 

Fonte: site Regiãonoroeste.com por Josiane Branco do jornal Extra (com adaptações).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website