Desfile de moda inclusiva e palestra da Uvesp estão confirmadas na abertura da Semana dos Deficientes

Confirmada para acontecer entre os dias 21 e 25 de setembro deste ano, a Semana Municipal da Pessoa com Deficiência foi tema da reunião na última quinta-feira, 25, no Plenário da Câmara. Responsável pelos trabalhos, o vereador Júlio Lopes esteve com os organizadores da programação: Antônio José Silva Esteves, do Conselho de Pastores do Brasil; Juliane Patrícia Antônio e Elizabete de Andrade, do Centro de Habilitação Princesa Victória; Juliana de Souza, da Organização Não-Governamental (ONG) e Sueli Stabellini do Legislativo.

Foto do vereador e outros colaboradores. Eles estão ao redor de uma mesa onde tomaram decisões sobre a semana do deficiente.

Com apoio da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, através do adjunto Cid Torquato, e da União dos Vereadores do Estado de São Paulo, a Uvesp, a Câmara de Rio Claro caminha para definir a programação 2015.

Para a abertura, no dia 21, nas dependências do Shopping Rio Claro, dois itens da programação já estão definidos pelos organizadores: desfile de moda inclusiva, com o apoio do governo paulista e palestra do diretor da Uvesp, Sebastião Misiara sobre os desafios enfrentados pelos deficientes no dia a dia.

“Neste ano, teremos também palestra sobre violência contra deficientes que será apresentada pelo coordenador de projetos da Secretaria de Estado da Pessoa com Deficiência, Luiz Carlos Lopes”, ratificou Júlio Lopes. Nas dependências do Shopping Rio Claro também será montada a exposição itinerante do Memorial da América Latina.

De acordo com Júlio Lopes, para que a programação possa atingir os objetivos se faz necessária a participação da comunidade, principalmente às pessoas que trabalham no dia a dia com deficientes. “Estamos definindo a programação e a partir deste ponto vamos enviar convites para o setores públicos e privado, escolas e comunidade em geral. Os desafios enfrentados pelos deficientes são muitos. Seja no ambiente profissional ou no momento de lazer as barreiras seguem sólidas em alguns setores. Precisamos agir, e, a conscientização trata-se do primeiro passo”, comenta o vereador.

Fonte: site Canal Rio Claro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website