Curso ensina como atender deficientes visuais

Capacitar as pessoas e colaborar com a inclusão do deficiente visual. Essa é a proposta da professora Roberta Moretti da Silveira Padulla, que a partir desta segunda-feira (3) vai ministrar em Mogi das Cruzes um curso que pretende estimular as pessoas a desenvolver atividades para melhorar o relacionamento com cegos. Os deficientes visuais têm conquistado cada vez mais autonomia e precisam receber tratamento adequado nos locais onde frequentam: escola, trabalho, comércio, serviços públicos, etc.

A primeira apresentação do curso “A pessoa com Deficiência Visual” acontecerá hoje, das 9 às 16 horas, na sede da Associação Ebenezer de Deficientes Visuais, localizada na Rua São João, atrás do Teatro Vasques, no Centro. Cerca de 30 pessoas já se inscreveram para fazer o curso, que será ministrado no local. A professora e mestre Roberta é mogiana, mas atualmente reside em Natal, onde ocupa o cargo de diretora do Ministério Adventista para Deficientes Visuais (MADV) e atua de forma voluntária para desenvolver a capacitação.

Ele explica que os participantes irão desenvolver habilidades nas atividades práticas de acordo com a sua área de atuação para contribuir com a inclusão do deficiente visual. A maior procura é por familiares que convivem com pessoas que não enxergam, cuidadores, comerciantes, professores, servidores que lidam com o pública e outros profissionais que prestam os mais diversos tipos de serviço. Segundo ela, o curso também tem atraído deficientes que vão em buscam de dicas de segurança para usar o transporte público, frequentar um restaurante, etc.

Essa capacitação abordará temas como: definição dos termos, dicas de convivência, autodiscrição, técnicas de guia videntes – pessoa que conduz o deficiente visual -, leitura e escrita no Sistema Braille, entre outros assuntos.

Programação
Além da Ebenezer, a professora também vai realizar um curso mais compacto, de apenas três horas, na Escola Municipal de Governo da Prefeitura, na noite da próxima terça-feira. A mesma versão reduzida será oferecida aos frequentadores da Apae de Mogi das Cruzes, na noite de quinta-feira.

A professora possui formação em Pedagogia e realizou pós-graduação e mestrado nessa área de Reabilitação de Pessoas com Deficiência Visual. Com 27 anos de experiência, ela atuou como professora e coordenadora da Apae de Mogi, deu aula nas duas universidades de Mogi das Cruzes (UMC) e Braz Cubas (UBC), e na Uninove. Atualmente mora em Natal, no Rio Grande do Norte, onde dirige o MADV Nova Parnamirim. Também desenvolve trabalhos pela igreja Adventista do Sétimo Dia, em várias regiões do Nordeste de forma voluntária.

ATENÇÃO: a fonte das matérias publicadas neste blog, sempre será indicada. Caso tenha alguma dúvida sobre a matéria ou algo nesse sentido, peço a gentileza em entrar em contato com os responsáveis pela a fonte.

Fonte: site O Diário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website