Atividades gratuitas em homenagem ao Dia Mundial da Voz

Em homenagem ao Dia Mundial da Voz, celebrado nesta quinta-feira (16), fonoaudiólogos de todo Brasil orientam a população sobre a importância da voz e os cuidados que devemos ter para manter uma voz saudável, através da campanha Seja amigo da sua voz!. Em Pernambuco, o Conselho Regional de Fonoaudiologia (Crefono) 4ª Região, em parceria com a Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia (SBFa) e a Sociedade Pernambucana de Otorrinolaringologista, realizam uma grande ação para população na Praça do Derby, área central do Recife, na própria quinta-feira.

Foto da atriz Alessandra Maestrini que veste a camisa da campanha.

A expectativa é atender, entre triagens e orientações, mais de 500 pessoas. Para isso, todos os departamentos de fonoaudiologia das instituições de ensino superior de Pernambuco estão reunidos na ação. “Nos últimos quatro anos, realizamos essa ação no Parque da Jaqueira. Neste ano, decidimos ampliar e transferir para a Praça do Derby, onde o fluxo de pessoas é maior. Para isso, contamos com o apoio do Governo do Estado, da Prefeitura do Recife e da Sociedade Pernambucana de Otorrinolaringologista”, diz a presidente do Crefono 4, Sandra Maria Alencastro.

A ação na Praça do Derby tem como objetivo identificar a presença de sinais e sintomas que favoreçam o diagnóstico precoce de doenças como o câncer de laringe. Por isso, quem sente rouquidão por mais de 15 dias, cansaço e/ou esforço para falar, pigarro constante, voz sumindo ou falhando e perda súbita da voz pode se dirigir ao plantão no local, a fim de receber orientações necessárias.

Como nos últimos anos, os casos mais graves serão encaminhados para realização gratuita de videolaringoscopia no Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip), no Hospital de Câncer de Pernambuco, no Hospital Agamenon Magalhães e no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco. Em parceria com outras empresas, o Crefono 4 fornecerá ao público presente, além de materiais gráficos com orientações sobre cuidados com a voz, água mineral e maçã.

A campanha tem o objetivo de convidar a população para ações educativas voltadas para a conscientização da importância da voz e suas implicações na comunicação, na saúde e na cultura. O público-alvo é prioritariamente a população comprometida com a formação educacional, cultural e artística (professores, atores, locutores, advogado e cantores), além da população em geral.

A campanha visa promover ações que favoreçam a conscientização da sociedade em relação à importância da saúde vocal e a prevenção de alterações na voz. A ação ainda chama a atenção para a importância da educação da voz desde a infância.

Orientações para uma boa saúde vocal 

1. Hidrate-se. Beber muita água durante todo o dia é a melhor maneira para se manter hidratado.

2. Não grite. Gritar é sempre ruim para a voz, já que se coloca uma grande pressão sobre o delicado revestimento de suas pregas vocais.

3. Utilize um microfone para falar em público. Quando você é convidado para falar em público, especialmente em uma grande sala ou ao ar livre, use um microfone. A amplificação permite-lhe falar no volume de conversação, mas ainda assim chegar a todo o público.

4. Aqueça sua voz. Aquecer a voz não é apenas para os cantores, já que ajuda a voz durante a fala do dia a dia também.

5. Não pigarreie. O pigarro funciona como bater ou golpear as pregas vocais em conjunto. Em vez de limpar a garganta, tomar um pequeno gole de água ou engolir saliva para saciar o desejo.

6. Não fume. O fumo é provavelmente a pior coisa que você pode fazer para a sua voz. A fumaça é algo que provoca danos permanentes aos tecidos das pregas vocais e é o primeiro fator de risco para o câncer de laringe (pregas vocais).

7. Não realize competição sonora. Quando você está em um lugar com ruídos de fundo, você não percebe o quão alto você pode estar falando. Preste atenção em como sua garganta se ressente nessas situações, pois muitas vezes há uma sensação de ressecamento e irritação antes de notar o esforço vocal que você está fazendo.

8. Tenha uma boa respiração. Fale devagar e pronuncie bem as palavras.

9. Seja um bom ouvinte. Se você ouvir a sua voz rouca, não se esqueça de descansar tanto quanto possível.

10. Se a sua voz é rouca persistente, procure a avaliação de um otorrinolaringologista e de um fonoaudiólogo.

Fonte: site Casa Saudável por Cinthya Leite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website