Andador elétrico auxilia na reabilitação de pessoas com deficiências

A Unesc adquiriu, por meio de uma parceria com o Poder Judiciário, um equipamento que vai auxiliar na reabilitação de pessoas com deficiências. O CER II (Centro Especializado em Reabilitação da Unesc) recebeu um andador elétrico, que dá suporte na realização de treinos locomotores. O projeto, encaminhado pela Universidade recebeu o apoio, do judiciário, por meio da juíza responsável pela 2ª Vara Criminal do Fórum da Comarca de Criciúma, Débora Driwin Rieger Zanini.

Para o reitor, a chegada do equipamento vai agregar muito ao serviço que o CER oferece. “É uma contribuição enorme aos nossos pacientes”, destacou Gildo. A pró-reitora de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, Luciane Ceretta, enfatizou os agradecimentos do reitor e a parceria com o Judiciário. “As parcerias nos fortalecem muito e ajudam a melhorar o que oferecemos a comunidade. O equipamento vai tornar mais eficazes os tratamentos em que o paciente não consegue produzir força muscular”, explicou.

Estudos mostram que se obtém melhores resultados com treinos de marcha de sustentação parcial de peso, o que é possível com o andador, do que com treinos convencionais. Os benefícios estão relacionados ao aumento da força muscular, manutenção ou aumento da densidade óssea, diminuição da frequência cardíaca e melhora do condicionamento físico.

Fonte: site Engeplus com colaboração da Unesc.

ATENÇÃO: a fonte das matérias publicadas neste blog, sempre será indicada. Caso tenha alguma dúvida sobre a matéria ou algo nesse sentido, peço a gentileza em entrar em contato com os responsáveis pela a fonte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website